Vendido tríplex de Lula que não é do Lula.

O tríplex que causou a prisão, em minha opinião injusta, de Lula foi vendido em leilão. O ESTADÃO noticiou: “Empresário paga R$ 2,2 mi por tríplex no Guarujá – Lance no final do leilão surpreende e arremata IMÓVEL PIVÔ DA CONDENAÇÃO DE LULA NA LAVA JATO”. Na matéria, o jornal afirma: “O empresário Fernando Costa Gotijo, de 64 anos, é o novo dono de um dos imóveis mais comentados do País, o tríplex 164-A, no condomínio Solaris, no Guarujá (SP). O apartamento foi o pivô da condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Lava Jato. Ele foi arrematado ontem [15/5] pelo valor mínimo de R$ 2,2 milhões”. O tríplex foi o motivo da condenação de Lula (12 anos e 2 meses) e depois a prisão dele. Injustamente como irei mostrar.
Em artigo publicado em abril, escrevi: “Qual o motivo da condenação de Lula, que culminou com sua prisão? Moro o condenou porque, segundo ele, Lula é dono do tríplex do Guarujá. No entanto, o juiz não apresentou provas. A condenação deu-se pelo ACHOMETRO. O juiz ACHA que o apartamento é dele, uma argumentação jurídica muito fraca. Lula, em São Bernardo do Campo, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, rodeado de uma multidão, declarou em discurso: “Sou o único ser humano processado por um apartamento que não é meu. A Polícia Federal da Lava Jato mentiu (sic) que era meu, o Ministério Público mentiu dizendo que era meu e eu pensei que o (juiz Sérgio) Moro ia resolver e ele mentiu dizendo que era meu e me condenou a 9 ano de cadeia”. É a primeira vez que uma pessoa (Lula) é condenada pelo argumento ACHOMETRO. Todos acham que ele é dono e fim de papo: cadeia nele…” Ora, se o condenaram porque ACHAM que o tríplex é dele, então esses R$ 2,2 mi deveriam ir para Lula. O ex-presidente, em minha opinião, deve ir à Justiça pedir esse dinheiro. Segundo a Lava Jato o tríplex não é dele? Caso seja dele, como falsamente afirmam, Lula tem direito a esse dinheiro! Se isto não ocorrer, prova que a condenação e PRISÃO de Lula foram injustas, sem amparo legal!
GOVERNO TEMER
A jornalista Eliane Cantanhêde, em artigo publicado no ESTADÃO ( 18/5), analisa o governo Temer, no texto sob o título “MURRO EM PONTA DE FACA”. Ela afirma: “Tudo o que o presidente Michel Temer diz, faz ou anuncia se volta contra ele, como se batesse num muro intransponível. A própria “festa” pelos dois anos de governo sucumbiu diante de um slogan inacreditável e das longas reportagens sobre um ano do áudio com Joesley Batista. Só cola o que é contra Temer. (…) Depois do “Bora, Temer”, agora uma nova piada pronta: “O Brasil voltou (sic), 20 anos em 2”, ou “o Brasil voltou 20 anos em 2”? Dezenas de páginas de discurso do presidente versus uma frase DE UMA INFELICIDADE GRITANTE. E a nova peça publicitária, com um afogado, além de inoportuna, É DE UM MAU GOSTO INCRÍVEL. (…) No discurso de segunda-feira [14/5], Temer elencou todos os avanço da economia, os juros em queda, a inflação mínima, o fim da recessão, porém, foi derrubado, um a um, os dados do presidente. O Banco Central interrompeu o processo de queda dos juros, o dólar passou ontem [17/5] dos R$ 3,70 e a Bolsa caiu 3,37%. E a subutilização atingiu 24,7% da força de trabalho, algo em torno de 30 milhões de brasileiros – 30 milhões! (…) Temer está rouco de tanto falar das vitórias do seu governo, mas ninguém lhe dá ouvidos. O que fica são o “tem que manter isso, viu?”, o vídeo de Rocha Loures [com a mala entupida com R$ 500 mil], o “Brasil voltou 20 ano em 2”… E agora, A REVIRAVOLTA NA ECONOMIA. Seria só melancólico, não fosse trágico”. Acrescentar mais o que?
JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE é jornalista em Mogi Guaçu
continue
observando...

DENGUE EM SANTO ANTONIO DE POSSE

Santo Antônio de Posse é a cidade paulista com o maior número de casos autóctones confirmados de dengue

Dados do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado mostram que são 8,15 casos para cada mil habitantes no município.


Por G1 Campinas e região

 

Doença é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)Doença é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

Doença é transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti (Foto: Paulo Whitaker/Reuters)

Santo Antônio de Posse (SP) é o município paulista com o maior número de casos confirmados de dengue para cada mil habitantes, segundo dados do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretária de Estado da Saúde.

De acordo com a pasta, São Paulo registrou 3.310 casos autóctones confirmados neste ano, e o município de 22 mil habitantes é responsável por 186.

Os dados mostram que são 8,15 casos a cada mil habitantes, índice que supera os outros 644 municípios paulistas. Como efeito de comparação, Campinas (SP), cidade de 1,1 milhão de pessoas, registra 102 casos confirmados, um índice 0,09 casos a cada mil habitantes.

O relatório divulgado pelo CVE reúne dados das 17 primeiras semanas do ano, e foi atualizado em 7 de maio. No dia 16 de maio, a prefeitura de Santo Antônio de Posse divulgou que o número de casos confirmados é ainda maior que o divulgado pelo Estado: 342, com três mortes.

Casos de dengue aumenta mais de 10 vezes de abril para maio em Santo Antônio de Posse

Casos de dengue aumenta mais de 10 vezes de abril para maio em Santo Antônio de Posse

 

Emergência

 

Em fevereiro deste ano, o prefeito decretou “situação excepcional de emergência na saúde pública” quando mais de 140 casos suspeitos de dengue tinham sido noticados até então. Atualmente, são 700 notificações.

A Prefeitura informou que, atualmente, realiza a “nebulização externa e intradomiciliar, visitas às casas e comércios através dos agentes de controle de vetores, programas educativos nas escolas e limpezas dos terrenos particu

Alerta, ainda, que a população deve manter seus quintais e terrenos limpos e livres de criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

continue
observando...

Temer encrencado Jasson de Oliveira Andrade

Temer vive um dos piores, senão o pior, período  de seu governo, cercado de denúncias.  Os fatos, como iremos ver, mostram isto.

A revista ISTOÉ, de 9/5, publicou na capa uma foto de Temer com a mão na boca, com a seguinte legenda: “O INFERNO ASTRAL DE TEMER – Com familiares investigados por lavagem de dinheiro e cada vez mais dedicado A SALVAR A PRÓPRIA PELE, o presidente perde sustentação política e assiste impassível à paralisia do governo”. Na página 14, consta um editorial escrito por Carlos José Marques, sob o título “O CALVÁRIO DE UM PRESIDENTE”: “Michel Temer vive dias de provação. Pela primeira vez, a família de um presidente em pleno exercício do cargo é arrolada a depor, prestar esclarecimentos, POR SUPOSTOS CASOS DE CORRUPÇÃO. Uma investigação da Polícia Federal dá conta de lavagem de recursos via reformas nas casas tanto da filha como da sogra em troca de um decreto de portos. RUIM PARA TEMER, PIOR PARA O BRASIL”.

Por falar em Portos, o Estadão (8/5) noticiou: “BARROSO PORROGA INQUÉRITO DOS PORTOS – Ministro do STF nega pedido para arquivar  (sic) a investigação que envolve Michel Temer e dá mais 60 dias para os trabalhos da Polícia Federal”. No mesmo jornal e na mesma data, essa outra notícia: “TEMER DIZ NÃO TER RECEIO DE SER PRESO; “SERIA UMA INDIGNIDADE”. Sem comentário!

A FOLHA, em Editorial, sob o sugestivo título TEMER NO TELHADO”, opina: “Parece ter durado pouco o entusiasmo do presidente Michel Temer (MDB) pela ideia de concorrer à reeleição em outubro, projeto pelo qual ele começou a manifestar interesse em meados de março. (…) A candidatura à reeleição sempre pareceu duvidosa, um biombo que disfarçava mal seus reais objetivos – evitar o isolamento e BUSCAR PROTEÇÃO CONTRA O AVANÇO DAS INVESTIGAÇÕES QUE O CERCAM. (…) Alvo de duas denúncias criminais com andamento suspenso pela Câmara dos Deputados, o mandatário é o foco de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal, e as suspeitas (sic) sobre sua conduta se avolumaram nas últimas semanas. (…) Um funcionário de transportadora de valores disse à Polícia Federal que levou duas vezes PACOTES DE DINHEIRO ao escritório de um dos melhores amigos do presidente, o advogado José Yunes, investigado sob acusação de arrecadar fundos de campanha. (…) Como revelou antes reportagem nesta FOLHA, fornecedores de uma reforma realizada na casa de uma filha de Temer FORAM PAGOS com dinheiro vivo, entregue pela mulher de outro amigo dele [Coronel Lima].  Caberá à Justiça esclarecer se as suposições têm fundamento, mas seu efeito político é incontornável. Elas aumentam a desconfiança enfrentada pelo emedebista, CUJA IMAGEM TEM SIDO DESGASTADA TAMBÉM PELA FRUSTAÇÃO GERAL COM A LENTA RECUPERAÇÃO ECONÔMICA. (…)  Oscilando entre 1% e 2% das preferência dos eleitores, segundo o Datafolha, o presidente tornou-se TÓXICO PARA SEUS ALIADOS, UMA PRESENÇA INDESEJÁVEL NO PALANQUE”.

Será que outras encrencas vão aparecer? A CONFERIR!

JASSON DE OLIVEIRA ANDRADE é jornalista em Mogi Guaçu

continue
observando...

Temer: Ao invés de diálogo, o confronto

Temer dá posse ao novo ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun

Temer errou: ao invés de dialogar, preferiu o confronto, apelando para o Exército. Só depois do fracasso, resolveu atender aos pedidos dos caminhoneiros. Felizmente os militares têm mais juízo que o presidente. Eles criticaram a demora governamental. Um integrante do Alto Comando das Forças Armadas disse ao Estadão, (28/5) sob a condição de anonimato, que o governo jogou a crise “no colo” deles de novo, como quando foi decretada a intervenção na segurança pública no Rio de Janeiro.

Segundo esse militar, “as medidas foram tomadas de afogadilho (sic), deixando claro para o país a sensação de que tudo está dando errado”, acrescentando: “De acordo com vários dos integrantes da cúpula [militar] consultados, o governo parece “estar perdido” (sic). Ainda segundo o jornal: “Os militares dizem que estão à disposição para ajudar, sempre dentro do respeito aos preceitos constitucionais (sic) e agindo a pedido do Planalto, e não por iniciativa própria”. Ou seja, o erro é do governo e não dos militares!

Caminhoneiros e alguns setores da direita pedem a “intervenção (Golpe) militar”. Isto também aconteceu em 1964. No início uma parte da sociedade também pediu a intervenção militar. Depois se arrependeram. No meu livro “Golpe de 64 em São João da Boa Vista”, à página 233, consta do meu artigo “Golpe: De popular a antipopular”. No texto transcrevo essa opinião do jornalista e escritor Carlos Heitor Cony (falecido em 5/1/2018, aos 91 anos): “Militares, empresários, a Igreja Católica ainda não dividida, jornais [Estadão, Folha, Globo e outros], revistas, emissoras de rádio e TV e, finalmente o povo em geral, todas as expressões da alma brasileira estavam a favor do golpe”. Mais tarde, Cony constatou: “Evidente que as barbaridades (sic) do novo regime, gradualmente aumentadas, criaram o repúdio (sic) consensual ao regime então instaurado”, culminando com as “Diretas Já”, o marco da redemocratização”. Na Igreja, o cardeal Paulo Evaristo Arns participou da “Marcha da Família, com Deus, pela Liberdade”. Depois ele rompeu com o Golpe, explicando o motivo, depois de, em 1970, visitar no Dops os presos políticos: “Entrei e conheci as pessoas torturadas. Eram tantas. Saí de lá, dizendo: “Não é possível conviver com um regime que tortura”. Ele escreveu um livro “Brasil, Nunca Mais”, relatando casos horríveis de tortura. Quem lê o livro, não defende uma intervenção (Golpe) militar. Isto eu garanto!

Na Cerâmica Martini, trabalhei com o Capitão do Exército Ronaldo Bittencourt Martins (diretor de Relações Públicas), de Campinas. Ele sabia que fui preso em São João, após o Golpe de 64. Conversávamos sobre o assunto. O Capitão Ronaldo me contou que não podia sair fardado porque era hostilizado. Esta era a situação quando o golpe se tornou impopular, como descreveu Cony.

Aqueles que hoje pedem a intervenção (golpe) militar precisam conhecer 

fatos. Assim, eles perceberão que estão equivocados ao pedirem o golpe. É por essas e outras razões (naquela época existia corrupção, mas era desconhecida por causa da censura), que meu lema é “Ditadura, Nunca Mais”.

Jasson de Oliveira Andrade é jornalista em Mogi Guaçu

continue
observando...

RCO-SITI e Balancins fazem pedido de recuperação judicial As empresas acionaram a Justiça para se recuperar de crise financeira e por conta disso os pagamentos foram congelados Gazeta Guaçuana / 26 de maio de 2018

Por Roberta Lopes

O Sindicado dos Metalúrgicos de Mogi Guaçu informou, na tarde desta sexta-feira (25), que as empresas RCO-SITI e Fundição Balancins entraram com um processo de pedido de recuperação judicial. Não é de hoje que as duas empresas estão enfrentando uma crise financeira. A antiga e tradicional empresa SITI de Mogi Guaçu foi adquirida pelo Grupo RCO de Tambaú em meados de setembro do ano passado, e desde então, passou a se chamar RCO-SITI.  Depois dessa incorporação, a empresa começou a dar sinais de crise e demitiu cerca de 80 a 100 funcionários alegando estar com dificuldades econômicas.  Os trabalhadores que foram demitidos não receberam as verbas rescisórias e acionaram a Justiça do Trabalho.

Segundo o advogado do sindicato Adilson Sulato Capra, o valor informal da dívida da RCO-SITI gira em torno de R$ 30 milhões, o que inclui credores trabalhistas, fornecedores, bancos, tributos e prestadores de serviços. Capra explicou que até então os trabalhadores estavam recebendo de forma parcelada, já que um acordo havia sido firmado entre a empresa e os credores. Porém, a empresa começou a atrasar esses pagamentos e as reclamações começaram a surgir. Foi a partir disso que o sindicato descobriu em uma pesquisa na internet que a RCO-SITI está com pedido de recuperação judicial.

Isso significa que todos os pagamentos estão congelados por um período de seis meses, como determina a lei. O tempo é estabelecido para a empresa tentar conseguir perante a Justiça comum o deferimento do pedido de recuperação judicial.

Para os funcionários em atividade da RCO-SITI, o pedido de recuperação judicial não afeta em nada. Capra informou que os salários estão sendo pagos. A principal pendência, por enquanto, é o não recolhimento do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço).

Greve Empresa BalancinsJá a crise financeira na Fundição Balancins começou em 2016. De lá para cá foram demitidos cerca de 150 funcionários que também saíram sem nenhum pagamento rescisório. Havia também alguns credores recebendo parcelas de seus débitos, mas como a empresa pediu o processo de recuperação judicial, os pagamentos estão congelados.  O advogado do sindicato informou que as dívidas trabalhistas da Balancins giram em torno de R$ 5 milhões. Além disso, a empresa deve mais de R$ 80 milhões a fornecedores, bancos, prestadores de serviços, tributos, e outros R$ 4 milhões a microempresas e pequenas empresas. Juntamente com o presidente do sindicato, Benedito da Silva, o advogado informou que a real situação das duas empresas chegou ao conhecimento deles nesses últimos dias e que o sindicato diante de tudo isso tem o papel de fiscalizar os pedidos de recuperação judicial para, assim, poder defender os direitos dos trabalhadores.

Capra disse que a medida parece ser ruim, mas pode gerar bons resultados se as empresas cumprirem de maneira correta tudo o que a Justiça determinar durante os processos, como, por exemplo, manter as atividades e pagamentos atuais da empresa sem interrupções. “O processo de recuperação judicial de certo ponto é uma medida viável que veio anteceder a medida de falência. Dá a chance da empresa se recuperar e gerar novos empregos e impostos, mas tudo isso depende que tudo seja feito de maneira ordeira.”, encerrou o advogado.

Capra Advogado Sindicato Metalurgicos

continue
observando...

ATAQUE A PALESTINA

O governo de Israel novamente ataca com suas balas, drones e bombas letais, mulheres, homens, jovens e crianças palestinos. Seguem com o genocídio provocado por um Estado sionista que tenta calar através da morte, a luta do povo palestino que busca viver com dignidade numa terra que foi cercada pelas cercas das nações que têm por único objetivo atender os interesses imperialistas, ou seja, o que vale não é a vida, mas sim submeter trabalhadores a mais exploração, desrespeitar e agredir mulheres e crianças.

O ataque promovido por Israel no dia 14 de maio e apoiado pelo governo dos EUA, matou dezenas e deixou milhares de feridos, entre os mortos um bebê de 8 meses, jovens e trabalhadores.

Enquanto o povo palestino se defende com paus e pedras, o governo de Israel ataca e mata com as armas letais da grande indústria armamentista que se farta de lucros com o assassinato de milhares.

Com o discurso hipócrita de combate ao terrorismo, os governos de Israel, dos EUA e seus aliados matam para defender que as cercas que encurralam o povo palestino se ampliem e dessa forma se ampliem também a exploração e a violência contra aqueles que trabalham e lutam para viver em dignidade num pedaço desse mundo, que respeite sua história marcada por muita luta por uma Palestina livre.

As cercas das nações tentam nos dividir, mas a luta internacional de nossa classe nos une, estamos juntos na solidariedade ativa à causa palestina.

Fonte: http://www.intersindical.org.br

continue
observando...

A TRAGÉDIA ANUNCIADA NÃO É OCUPAR UM PRÉDIO PARA VIVER, A TRAGÉDIA É PROVOCADA PELA AÇÃO DOS GOVERNOS QUE NÃO GARANTEM MORADIA DIGNA, AO MESMO TEMPO EM QUE PROTEGEM OS INTERESSES DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA Foi isso que provocou o desabamento do prédio no centro de São Paulo que deixou centenas desabrigados

A madrugada do 1º de Maio foi de pânico e sofrimento para mulheres, homens e crianças que habitavam um prédio no centro de São Paulo que desabou depois de um grande incêndio.

São mais de 100 famílias que, por não terem onde morar, ocuparam o prédio que não tinha as condições básicas de habitação, não por responsabilidade de quem lá morava mas sim pela ausência consciente e a negligência dos governos, indo do Prefeito, passando pelo governador do Estado até o Presidente.

A hipocrisia e a violência dos governos contra essas centenas de pessoas desabrigadas é tamanha e se escancara nas declarações do governador Márcio França/PSB, que disse que o que provocou a tragédia foi a ocupação, ou o Prefeito Bruno Covas/PSDB que tenta se desresponsabilizar dizendo que o prédio é da União e o cadastramento para aquisição de moradia não depende só da Prefeitura e, para concluir, o desmoralizado presidente da República Michel Temer/MDB teve a desfaçatez de dizer que, por estar em São Paulo, não pegaria bem não ir até o local da tragédia e como os demais, mais do que se desresponsabilizar pela tragédia, ataca o direito legítimo da ocupações que são uma forma de luta em defesa da moradia.

Para as famílias que perderam o pouco que tinham e estão desabrigadas, a oferta dos governos é uma bolsa aluguel de R$400,00 por um ano, mas para os juízes – muitos dos quais são responsáveis pelas sentenças judiciais que despejam dos prédios, casas e terras aqueles que não têm onde morar – a coisa é diferente. Para esses juízes que recebem em média mais de R$ 30 mil de salário são garantidas várias benesses imorais, como por exemplo receberem auxílio moradia mensal no valor de R$4.200,00 mesmo morando na mesma cidade em que trabalham.

Enquanto crianças, homens e mulheres são obrigados a improvisar moradia num prédio sem luz e água, convivendo ao meio do lixo e da degradação, os que estão na gerência da máquina do Estado estão no conforto de suas mansões e governam para atender os interesses daqueles que se enriquecem retirando direitos, salários, moradia e a dignidade dos trabalhadores.

Além de nossa solidariedade ativa a centenas dos desabrigados, vítimas de mais essa violência do Estado, é no fortalecimento da luta que avançamos na defesa dos direitos, por saúde, moradia, educação, em defesa de melhores condições de vida e trabalho para conjunto da classe trabalhadora.

Fonte: http://www.intersindical.org.br

continue
observando...

The Birth of Buy Essay Cheap

The Fundamentals of Buy Essay Cheap Revealed

Quality is important if you buy essays. When you have chosen to get papers online for college, you need to be sure you download them punctually. Our mid-term evaluation proved going to start buy cheap essays online and we didn’t know even from where to commence the study.

The Fight Against Buy Essay Cheap

Physically and psychologically, women are thought to be weaker. The reality is, there’s no single response to that question. You might even are searching for a professional on the subject matter and conduct an interview.

The 5-Minute Rule for Buy Essay Cheap

There are several low-cost models of muscle car that you my essay
can think about prior to making a last purchase. Luckily, you don’t need to, as there’s a variety of great and affordable project cars out there. You may also want to consider what you’ll place the car to utilize for after the project is complete and how much room you will have to store the vehicle.

What You Should Do to Find Out About Buy Essay Cheap Before You’re Left Behind

You are also able to get a whole lot of limited-time offers. The absolute most important point to think about when one wants to purchase paper on the internet is quality and delivery time! Keep your funds safe and buy essay cheap with higher high quality guarantee.

You can discover the identical quality of papers being sold at various prices that are contingent on the business’s policy. As a consequence, you receive premium quality essay for an affordable price. All our rates are fixed, you can be certain that no extra costs will this content
be charged for your purchase.

Want to Know More About Buy Essay Cheap?

Buying a term paper through our customized term paper writing service is guarantee that you will get your own thesis promptly and shipped right to your own email. The point is, provided that the paper is pre-written, you are able to buy essay cheap. however, it won’t do you a lot of good. Writing a term paper is a job which they may handle very easily and they’re going to offer immediate service to you.

To purchase essay cheap doesn’t necessarily mean to acquire bad essay of poor quality. When you don’t find out how to compose essays, your life gets even harder. It’s critically important to understand that, as a way to compose a successful essay, you require good academic writing abilities.

To get essay is an excellent way out. See what you get when you purchase an essay online. Buying essays is a far easier task in contrast with essay completion for sure.

In the event you require urgent essay help or want to get essays, don’t be afraid to communicate your query to us and we’ll be prepared to attend to you! Write an essay won’t have any difficulty. The admissions essay must be perfect that you get acknowledged.

New Step by Step Roadmap for Buy Essay Cheap

In a try to attract customers a number of the fraudulent https://digitalcommons.lsu.edu/cgi/viewcontent.cgi?article=2474&context=gradschool_dissertations
custom writing companies lure customers to purchase essay cheap from them. On our site you’ll discover the best deals and the best assortment of topics and branches of knowledge. There are a number of companies today offering to get essays.

A lot of websites supply the affordable essays writing service. Topic information can come from a number of distinct sources. Besides, you can read the testimonials of our clients.

On the very first sight it may seem it’s impossible to purchase essay cheap. You will receive the ideal essay that will certainly impress your professor. The statistics essay can frequently be tricky, and there are a number of reasons for that.

Look at you go together with the most important reason behind essay formulating throughout. They should be completed on time so that you have enough time for review. On our website, you can purchase essay online cheap on the most fascinating topic.

Our greatest priority is our clients’ satisfaction. Tons of companies forget about the exact straightforward actuality that there are tons of varieties of English. In educational arena, it has a great deal of importance.

Buy Essay Cheap – the Conspiracy

Our writing company is the perfect place to purchase great excellent papers without delays. Our online writing service is just one of the greatest services in the marketplace. Our on-line composing service is just one of the most crucial services in the market.

You may purchase essay cheap online, but in the occasion that you’ll discover a more affordable provider, you are likely to discover the complete essay paper for FREE from our company! More frequently than not, students become stranded on whether to get essays online. Quit procrastinating and purchase a college essay at the moment and get it done fast.

You may also hire buy essay cheap services to help you when you require the assist. Reliability Once you opt to purchase essay cheap make sure you’re collaborating with an organisation that’s authentic and reliable. Essays are tough to write for everybody.

Utilize draft print quality at which you can. Another benefit of our website is the quickness. Details is necessary by you to compose an article writing support.

Therefore, if you’d like to purchase essay cheap and need it to be on your desk the identical day you submit an order, you’re on the appropriate website. In the event that you had a great experience working with us, do not neglect to chat about it with friends and family. Irrespective of where in the world you are or what time of the night it’s, there’ll be team members available to respond to your questions and begin processing your purchase.

continue
observando...